entrevista de emprego recrutamento e seleção gestão de pessoas

Como você sabe, este é o último post da série com dicas práticas e diretas de como melhorar o seu processo de recrutamento e seleção.

No primeiro post, você conheceu pontos importantes de Como iniciar um processo de recrutamento e seleção.

Posteriormente, vimos Como inspirar candidaturas para seu processo de recrutamento e seleção.

No terceiro post, compartilhamos dicas de Como otimizar a experiência da entrevista.

E fechando a série, falaremos Como finalizar o processo de recrutamento e seleção.

A maior remuneração ainda é o fator que mais motiva os profissionais a buscar novas oportunidades. Porém você não deve menosprezar outros pontos importantes como melhor adequação de competências e interesses, mais oportunidades de crescimento, trabalho mais desafiador, maiores chances de impactar e melhor cultura empresarial.

Veja esses dados no gráfico:

6 - Como finalizar o processo de recrutamento e seleção - seleção, salário, remuneração, recrutamento e seleção, recrutamento, recrutador, processo seletivo, linkedin, infojobs, headhunter, estudo realizado pelo linkedin, entrevista, cultura empresarial, cultura da empresa, candidato

Porém, os motivos que levam as pessoas permanecerem em suas empresas, os dados mudam um pouco. Podemos citar oportunidade de assumir desafios ou melhorar competências, confiança no futuro da empresa, ótimo equilíbrio entre vida pessoal e profissional, oportunidade de promoção, alinhamento com os valores da empresa e horário e forma de trabalho flexíveis.

Veja quais desses foram os mais votados na pesquisa:

7 - Como finalizar o processo de recrutamento e seleção - seleção, salário, remuneração, recrutamento e seleção, recrutamento, recrutador, processo seletivo, linkedin, infojobs, headhunter, estudo realizado pelo linkedin, entrevista, cultura empresarial, cultura da empresa, candidato

Então, é importante seguir alguns passos para reter seus maiores talentos:

  • Avalie possíveis flexibilidades e deixe isso bem claro para eles. Podem ser coisas como horários flexíveis, trabalho remoto e também entre vida profissional e pessoal.
  • Deixe claro habilidades que o profissional pode adquirir, responsabilidades que ele terá e possíveis promoções futuras.
  • Conta a história da empresa de forma inspiradora.

Conclusão

Evite utilizar o salário como o principal elemento para a conquista do candidato.

O salário  pode influenciar certas circunstâncias, mas não gera lealdade.

Desde que a sua proposta seja competitiva, concentre-se em como os candidatos poderão aprender e crescer, ter controle sobre o trabalho e identificar-se com um propósito.

Esperamos que essas informações tenham sido úteis para você.

Este foi o último post da série com dicas práticas e diretas de como melhorar o seu processo de recrutamento e seleção.

Nos vemos em breve.

Sobre o estudo

Para este estudo, em abril de 2017 foram entrevistadas duas populações diferentes, de mais de 20 países. Todos os participantes são usuários do LinkedIn, segmentados com base em informações e atividades recentes em seus perfis.

6.536 profissionais do mundo inteiro responderam sobre sua experiência no trabalho e sobre projeções no seu futuro.

7.788 profissionais que trocaram de emprego recentemente relataram sua experiência em relação à mudança de empresas.

Principais países participantes: Canadá, EUA, México, Brasil, Argentina, Colômbia, França, Espanha, Portugal, Itália, Alemanha, Turquia, África do Sul, Polônia, Índia, China. Japão, Malásia, Singapura, Indonésia, Austrália e Nova Zelândia.